Para simplificar a vida Inter Seguros

5 dicas para fazer uma viagem mais econômica

Publicado em 18/05/2021

Viajar é maravilhoso, conhecemos novos lugares, novas culturas, relaxamos e nos divertimos. Mas, assim como várias outras atividades de lazer, viajar também depende do seu planejamento financeiro. Ainda mais quando é uma viagem internacional, em que você utiliza de outra moeda ou não conhece muito bem os valores médios de gasto naquele local.

Para que a sua próxima viagem seja mais econômica, trouxemos algumas dicas que podem te ajudar a evitar gastos desnecessários e te mostrar que dá sim pra fazer uma viagem tranquila gastando pouco.

1. Saiba escolher o destino

Provavelmente você já tem alguns nomes na cabeça de lugares que gostaria de conhecer, mas, antes de escolher, é importante dar uma conferida no quanto você irá gastar no dia a dia nesse lugar.

Alguns destinos como Nova York, Emirados Árabes e algumas cidades da Europa, possuem um custo de vida mais elevado. Pois, além de serem muito buscadas pelos turistas, a moeda do país também pode encarecer a viagem.

Dependendo do quanto você pode gastar na viagem, é aconselhável escolher destinos um pouco mais baratos, ou ainda, pesquisar se compensa viajar para uma cidade próxima e depois de deslocar para o destino que você queria ir inicialmente – muitas vezes uma passagem direta pode ser mais cara e escolher um destino próximo, não tão procurado, pode ser mais vantajoso.

2. Prefira viajar em períodos de baixa temporada

Em algumas épocas do ano já é certo que mais pessoas tiram férias e escolhem essas datas para viajar. Nos períodos que vão receber mais turistas, os valores dos hotéis, das atrações e até do transporte, costumam ficar mais altos. Enquanto na baixa temporada, várias promoções podem surgir para tentar atrair mais pessoas.

A dica é tentar organizar as suas férias e suas finanças para que consiga viajar nesses períodos de baixa temporada. Além de conseguir aproveitar os preços baixos, o local também fica mais vazio e você tem mais opções de escolha – até o número de filas pode diminuir!

3. Tenha um Seguro Viagem

Essa é uma dica importante que, além de deixar sua viagem mais econômica, também te mantém protegido dos imprevistos. Ao contratar um seguro-viagem você fica mais tranquilo por saber que você terá suporte mesmo viajando para outro país.

O Seguro Viagem do Inter cobre despesas médicas, hospitalares e odontológicas, além de oferecer uma ampla rede de atendimento em hospitais e clínicas credenciadas. Então, caso aquela comida local não te cair muito bem, você não vai precisar gastar com atendimento médico e estará segurado.

Se houver algum problema com a sua bagagem, o Seguro Viagem também garante que suas malas tenham serviço de localização e entrega.

Você pode contratar seu Seguro Viagem no Inter até 2 horas antes do embarque. Assim que fizer o embarque e até o seu desembarque no Brasil, você estará coberto e terá assistência 24h, durante todos os dias da semana.

Para saber mais, acesse o app do Inter e faça a simulação.

4. Pesquise as melhores opções de passagem e hospedagem

Comprar a passagem com antecedência já é metade do caminho. Conforme os assentos vão sendo vendidos e os lotes de passagem vão esgotando, as últimas passagens vendidas tendem a ter maiores tarifas. A dica é comprar com pelo menos 90 dias de antecedência.

Além disso, escolher o melhor dia da semana também faz diferença. Geralmente, as terças e quartas costumam ser um pouco mais baratas, mas claro, tudo depende do destino.

Na hora de escolher a hospedagem também dá pra economizar. Se for viajar em família, por exemplo, já esteja ciente que será mais caro. Pois além de ter mais pessoas, a hospedagem deve ser mais confortável e hotéis mais bem localizados costumam ser a preferência nesses momentos. Porém, se for viajar a dois, com os amigos ou até sozinho, as possibilidades aumentam.

Dá pra hospedar mais longe do centro e encontrar opções de hotéis e pousadas mais baratos, ou ainda encarar a estadia em um albergue (ou hostel), que quase sempre tem uma diária mais baixa. O ideal é comparar os preços e também o que o local oferece: café da manhã; Wi-fi; ar-condicionado; entre outras coisas.

Ah, e claro, não fique cego pelos valores e sempre se lembre de checar as avaliações de outros hospedes!

5. Planeje seu orçamento diário

Planejar é o segredo para economizar antes de viajar, por isso, quando escolher o destino já comece a pesquisar os preços da região. Dessa forma, você tem uma ideia de quanto gastará com comida, passeios, transportes e comprinhas – não esqueça de reservar uma grana para esse último, porque provavelmente você vai querer comprar algo como lembrança da viagem.

Depois, veja qual será o seu orçamento e tente separar uma quantia média do quanto pretende gastar no dia, um limite máximo. Assim, você evita gastar demais nos primeiros dias por causa da animação de conhecer um novo local e consegue aproveitar todos os dias da viagem sem ficar no vermelho.

Agora que você já tem as dicas para deixar sua viagem mais econômica, bora fazer as malas e colocar o pé na estrada? 😉

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe