Consórcio: uma palavra cada vez mais escutada no Brasil. Afinal, em um cenário marcado pela alta da inflação e da taxa básica de juros, essa modalidade de crédito tem ajudado, e muito, a realização dos sonhos de muitas pessoas.

No entanto, mesmo com a popularização dos consórcios, ainda existem muitas dúvidas em relação ao processo, principalmente sobre a tão esperada carta de crédito.

Antes de tudo, como funciona o consórcio?

Consórcio é a modalidade de compra baseada na união de pessoas - físicas ou jurídicas - em grupos, com a finalidade de formar poupança para a aquisição de bens ou serviços. A formação, organização e gerência desses grupos é feita por uma Administradora de Consórcios, autorizada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil.

Nesse sistema, o valor do bem ou serviço é diluído em um prazo predeterminado, e todos os integrantes do grupo contribuem ao longo desse período. Mensalmente (ou conforme estipulado em contrato), a administradora os contempla por meio de sorteio ou lance, com o crédito no valor contratado, até que todos sejam atendidos.

Afinal, o que é carta de crédito?

Uma diferença do consórcio para o financiamento é que, ao ser contemplada, a pessoa não recebe o bem ou serviço que ela deseja adquirir em si, mas sim uma carta de crédito, que é um documento que possui o valor determinado na contratação do consórcio.

Ou seja, a carta representa o valor do bem que se deseja adquirir através do consórcio, dando ao portador o direito de fazer a compra naquele valor. Sendo assim, se você passa a participar de um consórcio de uma moto no valor de R$ 20 mil, por exemplo, e é contemplado, o direito de comprar a moto que você escolher com esse valor vem através desse documento.

>> Financiamento ou consórcio? Entenda as diferenças

Como funciona?

O cliente do consórcio tem direito a usar a carta de crédito após ser contemplado, seja por meio dos sorteios nas assembleias ou por um lance. Após a contemplação, basta procurar um bem ou serviço com o valor da carta de crédito e informar à Administradora, que irá realizar o pagamento do bem com a carta. Então, inicia-se um processo de verificação de documentos e garantias até a aquisição.

Em resumo, o consorciado realiza os pagamentos mensais conforme acordado anteriormente e, quando é contemplado, recebe a carta de crédito e realiza a compra daquilo que tinha como objetivo.

Carta de crédito imobiliária

Quando o bem especificado no contrato do consórcio se trata de um imóvel, é preciso fazer a escritura e alienação no Cartório de Registro para pagamento ao titular do imóvel, sendo que a documentação tem que estar regularizada, sem nenhuma pendência de impostos. Também é possível usar a carta de crédito para comprar um terreno e construir.

No Inter, o consórcio de imóveis não tem nenhuma taxa de juros e não é necessário desembolsar nenhum valor como entrada. O FGTS pode ser usado para dar um lance no momento de garantir a contemplação, para antecipar o pagamento das mensalidades ou até mesmo para reduzir o valor das parcelas. Há planos de até 230 meses e a taxa de administração já está inclusa no valor da mensalidade.

Carta de crédito para veículos

Cartas de crédito para automóveis são uma das formas mais utilizadas para as pessoas atingirem o sonho do carro próprio. Nesse caso, deve-se verificar se o modelo e ano de fabricação do veículo desejado estão em conformidade com as regras permitidas pela Administradora.

Com a carta de crédito do Inter, você escolhe qualquer veículo fabricado nos últimos 5 anos.

Carta de crédito para moto

A carta de crédito do consórcio de motocicletas pode ser usada na aquisição de diferentes modelos. Se o preço da moto for maior que o da carta de crédito, é possível complementar os recursos. Se for mais barato, a diferença pode ser usada para abater a dívida restante. Além disso, a compra é feita à vista, aumentando o poder de negociação para obter melhores condições.

O consórcio auto e moto do Inter tem duração máxima de 100 meses, e conta com os mesmos benefícios do imobiliário: juros e entrada zero, baixa taxa de administração já inclusa no valor da mensalidade, e o FGTS pode ser usado para dar um lance no momento de garantir a contemplação, para antecipar o pagamento das mensalidades ou para reduzir o valor das parcelas.

Como ser contemplado com uma carta de crédito?

A contemplação é o momento que todo cliente que participa de um grupo de consórcio aguarda. É a liberação da carta de crédito para aquisição do bem desejado pelo consumidor.

Para ser contemplado e ter acesso ao crédito, há algumas possíveis vias ao longo do período de contrato:

  • Sorteio: Uma bolinha numerada é retirada de um globo e o número sorteado é contemplado;
  • Lance: A pessoa participante oferece uma porcentagem proporcional ao valor em dinheiro pra receber sua carta de crédito; 
  • Lance Fixo: As pessoas participantes oferecem valor fixo de lance (ex.: 30%) e entram em um sorteio à parte, aumentando a chance de serem contempladas;
  • Lance Embutido: Até 20% do valor da carta de crédito é usado pra compor o lance.

Ao final do mês em exercício, a administradora informa aos participantes do grupo qual deles foi contemplado pela sorte e qual foi o maior lance, que também dá direito à aquisição da carta de crédito.

>> Entenda as diferenças e conheça todos os tipos de consórcio

Reajuste na carta de crédito

O valor da carta de crédito é estabelecido no momento da formação do grupo. Entretanto, ela pode sofrer alterações. Uma das possibilidades é a atualização do valor através de correção, para que a carta mantenha o poder de compra do bem utilizado como referência. Neste caso, a correção também vai refletir no aumento do valor das parcelas a serem pagas.

Outra possibilidade é o lance embutido, em que o consorciado pode dar um lance para ser contemplado sem ser sorteado, utilizando uma parcela da carta de crédito como forma de pagamento do lance. Nesse caso, o valor a ser recebido será o valor total da carta de crédito subtraído do valor do lance.

Como adquirir uma carta de crédito contemplada?

Como você viu, em um consórcio é possível esperar ser contemplado por sorteio ou oferecer lances, desejando que sejam maiores que os dos outros membros do grupo. No entanto, pode acontecer de uma pessoa (ou empresa) contemplada querer vender sua carta, em geral por um valor menor. Nesse caso, é possível adquirir uma carta de crédito contemplada.

Essa aquisição é legal e está dentro da legislação brasileira, mas a operação demanda muito cuidado para acabar não sendo golpe. Para evitar problemas, o mais seguro é negociar apenas com pessoas ou empresas que sejam de plena confiança, inclusive analisando o histórico de transações similares feitas pelo vendedor em questão.

Também é necessário checar se a carta de crédito de fato existe e se realmente está contemplada. Para isso, basta ligar para a Administradora e pedir a informação, disponibilizando o número do grupo e da cota. E para que qualquer venda e compra de carta de crédito de consórcio seja concretizado, é preciso que ela seja autorizada pelo Banco Central.

Conheça os Consórcios Inter

O Inter oferece planos de consórcio para a realização de vários sonhos. Você não paga juros, nem valor de entrada, e aproveita para criar seu planejamento financeiro. E o melhor: ainda garante 50% de redução nas 6 primeiras parcelas do contrato. Clique aqui e saiba mais!

https://static.bancointer.com.br/blog/author/images/7558e8a826e941cfa4e7b35657d82b85_microsoftteams-image-95.png
Alexandre DinizAnalista de conteúdo

Jornalista formado pela PUC Minas e pós-graduado em comunicação estratégica. Um completo apaixonado por esportes, viagens, comportamento e comida. O tempo todo à procura de boas histórias, gente que faz a diferença e de alternativas para otimizar o dinheiro.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe
Assuntos relacionados
Para simplificar a vida Inter Seguros
Como funciona o consórcio imobiliário?

A modalidade pode ser uma opção para realizar o sonho do imóvel próprio. ...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Consórcios
Lei do consórcio de A a Z

Antes de entrar em um consórcio é importante conhecer seus direitos e deveres para não...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Seguros
Tudo sobre o Consórcio Auto e Moto do Inter

Pelo Super App você consegue conquistar até o veículo que sempre sonhou. Vem com a...

Leia mais