Para simplificar a vida Inter Invest

Como calcular a rentabilidade da Renda Fixa

Publicado em 22/10/2021

Já deu o primeiro passo na renda fixa, mas não consegue entender a diferença entre tantos investimentos conservadores? No post de hoje, resumimos as formas como seu dinheiro pode render na renda fixa.

Como calcular os rendimentos de investimentos de Renda Fixa?

Pra entender como os principais produtos conservadores rendem é muito importante primeiro entender sobre o CDI, o crédito de depósito interbancário. O CDI é a taxa que serve de referência para captação e empréstimo entre os bancos, e assim também é usada como referência nos investimentos.

Uma boa forma de saber quanto ele vale é olhar a Taxa Selic. O CDI va i estar sempre 0,1% abaixo do valor da taxa de juros básica. 

Agora que você já entendeu mais sobre essas taxas de referência é hora de saber como os investimentos atrelados ao CDI rendem. 

Investimentos pós-fixados 

Quando vemos um CDB que o rendimento é de 110% do CDI, sabemos quanto aquele valor equivale naquele momento fazendo a seguinte conta:  

  • 1,10 x 6,15 = 6,76%

Então esse será o valor do rendimento anual desse CDB se o CDI se manter estável. Caso o CDI se altere, você pode recalcular o rendimento dali em diante.

Essa talvez seja uma das principais formas de rendimento, mas ainda temos os investimentos que chamamos de pré-fixados e os atrelados ao IPCA.

Investimentos pré-fixados 

Os pré-fixados são ativos que já tem um rendimento pré estabelecido e fixo, independentemente do que aconteça no mercado. Eles podem ser interessantes pela tranquilidade de você já saber exatamente quanto vai ganhar, mas você precisa ficar atento, principalmente com os riscos de alta de inflação. 

Por exemplo: Ao investir em uma LCI que rende 8% ao ano, você terá esse rendimento garantido para o seu dinheiro e, se a inflação estiver baixa, pode valer a pena. Mas se a inflação estiver próxima ou com perspectivas de subir nos próximos meses ou anos esse investimento pode fazer você perder poder de compra. 

Investimentos atrelados ao IPCA 

Agora quando falamos do investimentos atrelados ao IPCA, estamos falando de produtos que rendem conforme a inflação, esteja ela caindo ou subindo. Além disso, eles ainda pagam o que chamamos de juros real, que é um ganho acima da inflação anual. Nesse investimento, o grande ponto positivo é que aqui você garante que vai manter seu poder de compra e ainda ter um ganho extra. 

>> Conheça as diferenças entre títulos pré/pós-fixados e indexados. 

Invista de acordo com seu perfil

Agora que você entendeu as formas de rendimento da renda fixa, qual a melhor? A resposta sempre vai depender do seu perfil, tempo para resgate, momento de mercado e entendimento do produto. 

Leve sempre esses fatores em consideração quando for tomar qualquer decisão sobre seus investimentos, e lembre-se que esse conteúdo é apenas um resumo para o cálculo de rentabilidade. Se tiver ficado com qualquer dúvida, #ContaComAGente aqui nos comentários.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe
Assuntos relacionados
Cuidando do seu dinheiro
Prefixados, Indexados ou Pós-fixados?

Você já deve ter ouvido várias vezes que um título tem rentabilidade prefixada que é...

Leia mais
De olho no mercado
Inflação em alta: como proteger seus investimentos e fazer boas escolhas

Veja as dicas do nosso Head de Portfólios. ...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Invest
Como aumentar a rentabilidade da renda fixa?

Veja dicas para extrair o melhor de suas aplicações. ...

Leia mais