Início de ano é época de quitar várias obrigações fiscais com o governo, como pagar o IPVA, IPTU e declarar seus rendimentos à receita federal. Para pagar os outros impostos basta imprimir a guia e efetuar o pagamento, mas você sabe como declarar o imposto de renda?

O imposto de renda deve ser declaro anualmente e, apesar da Receita Federal ainda não ter informado o calendário e regras para 2022, neste material iremos te explicar de forma simples como dominar o Leão e ficar de bem com a Receita Federal.

Passo a passo para declarar Imposto de Renda

Vamos acabar de uma vez por todas com o bicho de sete cabeças que assusta tantos contribuintes, de forma prática e rápida. Veja o passo a passo de como declarar o imposto de renda em 2022:

  1. Reúna os documentos para declarar Imposto de Renda;
  2. Organize seus informes de rendimento;
  3. Acesse o programa IRPF ou o aplicativo Meu Imposto de Renda;
  4. Escolha entre declaração de Imposto de Renda Simplificada ou Completa;
  5. Preencha os campos necessários para envio do Imposto de Renda;
  6. Envie sua Declaração de Imposto de Renda.

Confira detalhadamente cada um dos passos a seguir:

1. Reúna os documentos para declarar Imposto de Renda

Organize os documentos necessários para declarar o Imposto de Renda:

  • RG, CPF, título de eleitor e comprovante de residência;
  • Cópia da declaração do anto anterior;
  • CPF dos dependentes e/ou dependentes legais;
  • Informe de rendimentos;
  • Caso autônomo, cópias de recibos e NFs emitidas;
  • Extrato do INSS;
  • Informes de pagamentos de contribuições e entidades da previdência privada;
  • Comprovante de rendimento;
  • Comprovante de pagamento de aluguel;
  • Comprovantes bancários;
  • Recibo de procedimentos de saúde (médico ou odontológico);
  • Comprovante de despesas educacionais (escola nível fundamental, médio, técnico, superior ou pós-graduação);
  • Comprovante de compra ou de venda de bens;
  • Declarações de rescisões trabalhistas (ex.: férias, FGTS, décimo terceiro...);
  • Demais rendimentos do período (ex.: pensão alimentícia, herança recebida, doações...).

2. Organize seus informes de rendimento

Os Informes de Rendimento são suas comprovações de renda do ano. Isto é, eles apontam o quanto você ganhou no ano anterior e serão usados de base para todo o cálculo de uma possível restituição ou pagamento.

Então, não se esqueça de reunir os informes de rendimento para seguir o passo a passo de como declarar imposto de renda:

a) Informe de rendimento do empregador/tomador de serviço: caso você tenha tido um contrato de trabalho em 2021, ou tenha prestado serviços autônomos, solicite ao empregador/tomador de serviços, seu informe. Caso tenha tido empregadores diferentes, não se esqueça de recolher todos eles.

b) Informe de rendimento do seu banco: acesse seu internet banking ou peça ao seu gerente o informe. Não se esqueça que até o saldo da sua conta corrente deve ser informada caso seja superior a R$ 140,00. Se o saldo é zero não precisa de informe de rendimento.

c) Informe de rendimento de sua corretora: caso tenha investimentos, peça a sua corretora o informe, os extratos de negociação e a posição consolidada da sua carteira no fim do ano.

d) Informe de rendimentos dos financiamentos de imóveis, carros e bens duráveis: Caso tenha realizado o financiamento de bens “duráveis” você também deverá obter o informe de rendimentos dessas empresas;

As informações contidas nesses documentos serão usadas para preencher sua declaração.

3. Acesse o programa IRPF ou o aplicativo Meu Imposto de Renda.

Já há alguns anos, todo o processo de declarar Imposto de Renda é feito através da internet. Para isso, a cada novo ano, a Receita Federal disponibiliza um programa para preenchimento e envio da declaração.

Para começar, entre no site da Receita e faça o download da última versão do gerador. Após instalar o programa, está pronto para começar a sua declaração. Não tem computador à disposição? Basta baixar o app de preenchimento da Receita Federal em seu Smartphone, presente nas lojas Android e iPhone.

Abra o programa e, caso tenha declarado no ano passado, importe sua declaração utilizando o arquivo gerado pelo programa anterior ou pelo número de recibo da sua declaração passada.

Caso não tenha acesso a nenhuma dessas duas formas, procure a Unidade da Receita Federal mais próxima.

Se for sua primeira declaração, apenas selecione a opção "Nova declaração" e comece a preencher seus dados.

Você verá que todos os campos são bem intuitivos. Primeiramente suas informações cadastrais, de seus dependentes e alimentados, caso tenha, os rendimentos recebidos, os bens e siga por todas as abas.

Nos próprios informes que recebeu, você verá quais deles são tributáveis e quais não são. Vá marcando nos informes para não se perder e confira cada vírgula!

Alguns exemplos de rendimentos tributáveis são: salário, CDBs, LCs, etc. E no grupo dos não tributáveis estão: LCI, LCA, Dividendos, etc.

Importante: não se esqueça de inserir os saldos do ano anterior e desse ano na seção de Bens e Direitos.

Caso tenha operado na Bolsa de Valores, terá que preencher as informações da aba Renda Variável com todas as negociações feitas – sejam elas de ações ou Fundos Imobiliários.

Mas não se preocupe, se você não tiver feito operações de Day Trade, operado no mercado futuro ou que os valores vendidos mensais sejam inferiores a R$20 mil, não precisará pagar nada – apenas realizar o lançamento em isentos e não tributáveis.

Após passar por cada uma das abas e verificado todas as informações, você pode seguir o próximo passo de como declarar o imposto de renda em 2022.

4. Escolha entre declaração de imposto de renda simplificada ou completa

No processo de preenchimento você deverá escolher entre a declaração simplificada ou completa.

O modelo chamado de simplificado concede ao contribuinte um desconto de 20% sobre a base que calcula o Imposto devido – esse desconto substitui as despesas dedutíveis até um teto que é determinado pela Receita.

Já o modelo completo, por sua vez, utiliza a soma das despesas para fazer a dedução. Isto é, caso suas despesas sejam superiores ao teto estabelecido pela Receita, esse modelo será melhor.

Mas não se preocupe, o próprio gerador já faz o cálculo automático e te indica o melhor modelo!

5. Preencha os campos necessários para envio do imposto de renda

No preenchimento, você deverá informar corretamente cada um dos seguintes dados:

  • Dados pessoais;
  • Dependentes;
  • Rendimentos tributáveis (salários, benefícios...);
  • Rendimentos isentos e não tributáveis (rendimento da poupança, indenizações de seguros, bolsa de estudos...);
  • Pagamentos e doações (Pensão alimentícia, plano de saúde, pagamento a prestadores de serviço...).

6. Envie sua Declaração de Imposto de Renda

Após conferir todos os dados que preencheu nas etapas anteriores, sua declaração está pronta para ser enviada.

Insira os dados bancários da conta que deseja receber sua restituição, caso tenha, e pronto!

Depois de concluir esse passo, será gerado um documento que comprova que você declarou. Guarde bem esse documento, você precisará dele ano que vem!

Caso o resultado da sua declaração indique que você deve parte do Imposto a Receita, o gerador irá apontar o valor para você preencher uma DARF e fazer o pagamento.

Caso perceba que cometeu um erro na sua declaração, não se preocupe. É só acessar o programa novamente, selecionar sua declaração, informar o número do recibo, corrigir o erro e enviar novamente.

Como retificar a Declaração de imposto de renda?

Se você percebeu que concluiu sua Declaração de Imposto de Renda e se esqueceu de preencher alguma informação ou preencheu de forma incorreta, fique tranquilo, é possível enviar uma nova declaração e realizar estas correções pela Declaração Retificadora.

Existem 3 formas de realizá-la:

1) Pelo mesmo programa (IRPF) que realizou a primeira declaração;

2) Retificando online pelo e-CAC;

3) Em seu tablet ou celular pelo app "Meu Imposto de Renda".

Tenha atenção ao ano de referência que você deseja atualizar e esteja com o número do recibo para confirmação. A Declaração Retificadora é de mesma natureza que a declaração original, ou seja, ela substitui por completo a primeira declaração realizada. Por isso é importante manter as informações e acrescentar a correção necessária, revisando todo o conteúdo.

Outro ponto de atenção que se deve ter neste processo é o prazo. Ele acompanha o último dia do prazo de entrega geral onde é possível alterar o regime de tributação - desconto simplificado ou deduções legais.

Após o período é possível realizar a retificação dentro dos próximos 5 anos seguintes, somente se a declaração não estiver sendo fiscalizada.

Como declarar Imposto de Renda atrasado?

Aos que não realizaram a declaração dentro do prazo, ainda é possível declarar ao pagar a multa de 1% do imposto devido – de acordo com o mês de atraso – ou em R$ 165,74.

Para realizar a operação, siga o passo a passo de como declarar imposto de renda mencionados acima. O próprio sistema fará o cálculo do valor da multa e emitirá a guia para pagamento.

Perguntas frequentes sobre declaração de Imposto de Renda

Documentos necessários para declarar Imposto de Renda

É necessário informar os documentos pessoais, de Renda, Bens e Direitos (que incluem os investimentos), Informações Gerais, Dívidas e ônus, Pagamentos e doações efetuados.

Conheça a lista completa dos documentos para declarar imposto de renda

Como declarar Imposto de Renda?

Separe toda documentação necessária, baixe o programa ou app da Receita, selecione a declaração completa ou simplificada, preencha as informações de acordo com o seu informe de rendimento e encaminhe para a Receita Federal.

Veja o passo a passo de como declarar o imposto de renda em 2022.

Como declarar Imposto de Renda em atraso?

Acesse o programa IRPF e preencha os campos. O sistema fará o cálculo da multa por atraso e disponibilizará a DARF para pagamento.

Entenda como declarar imposto de renda atrasado.

Como retificar a declaração de Imposto de Renda?

No programa da Receita Federal, selecione a opção "Declaração Retificadora". Informe o número do recibo e realize as retificações necessárias revisando todas as informações corrigidas.

Veja o passo a passo de como declarar o imposto de renda ou retificá-lo em 2022.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe