Aprender a gerenciar o próprio dinheiro pode ser uma grande dificuldade para muitos adultos, o que acaba levando a dívidas e problemas financeiros. Mas imagina como poderia ter sido diferente se esses eles tivessem conhecimento sobre educação financeira desde pequenos?

Aprender sobre educação financeira ainda na infância é essencial para saber como gerenciar suas finanças e garante uma relação mais saudável com o dinheiro desde cedo. Vamos entender um pouco mais sobre a importância da educação financeira para as crianças?

Afinal, o que é educação financeira infantil?

É o ensino das finanças pessoais ainda na infância para moldar a relação dos pequenos com o dinheiro. A educação financeira faz com que eles aprendam os princípios básicos sobre como lidar com as finanças, o real valor do dinheiro, a poupar e ter um maior conhecimento sobre as reais necessidades.

Ao compreender essas noções, as crianças já passam a ter disciplina financeira desde cedo e começam a desenvolver uma maturidade que elas vão adquirir ao longo da vida, evitando dívidas e tendo maior controle do dinheiro quando forem adultos.

Qual a importância de ensinar educação financeira para crianças?

Ensinar sobre educação financeira tem uma grande importância para as crianças, que passam a ter uma visão mais realista do dinheiro e uma noção do elas realmente precisam, de como guardar dinheiro, porque investir e muito mais.

Além disso, com um maior estímulo para saber sobre finanças, os pequenos conseguem compreender melhor esse universo e desenvolver mudanças comportamentais em relação a forma como entendem e lidam com o dinheiro, o que vai ser essencial para um melhor controle financeiro quando adultos.

Como ensinar educação financeira para crianças

Ensinar sobre metas e objetivos financeiros faz com que os pequenos saibam como gastar de forma controlada, guardar dinheiro, não fazer dívidas, pensar em formas de economizar no dia a dia e muito mais!

Para isso, é muito importante que esse ensino seja feito de forma leve, adaptado a linguagem das crianças e até mesmo através de exemplos mais próximos da realidade delas, para que assim consigam compreender melhor.

Trouxemos algumas ideias de como isso pode ser feito. Vamos lá?

Saber o que é necessário e o que é supérfluo

Ensinar o que é necessário e supérfluo para as crianças faz com que elas compreendam melhor essas diferenças e aprendam a controlar as compras e desejos por impulso. É muito importante conversar com os pequenos mostrando exemplos de como eles podem visualizar essas diferenças no dia a dia.

Por exemplo, apresente pra eles algumas necessidades reais que fazem parte da sua rotina, como comida, roupas, moradia e etc, e outras coisas supérfluas como o brinquedo do momento, celular da moda, roupa do ano e muito mais. Assim fica mais fácil deles visualizarem e aprenderem como diferenciar essas situações.

Poupar e Investir

Uma ótima maneira de ensinar sobre a importância de guardar dinheiro e começar a investir é abrindo uma poupança para as crianças. Com ela é possível visualizar melhor como é ter uma reserva financeira e o que elas ganham com isso.

A partir daí os pequenos conseguem entender melhor a necessidade de poupar dinheiro para comprar algo que desejam, ter maior disciplina e controlar melhor seus gastos.

Reconhecer o valor do dinheiro

Educação financeira é uma excelente maneira de mostrar na prática para as crianças o valor do dinheiro e como podem ser recompensadas por seus esforços.

Por exemplo, se elas recebem uma mesada, elas precisam saber administrar o seu dinheiro para terem o que desejam e aprenderão a guardar e esperar caso esse valor não seja suficiente para o que eles queiram comprar naquele momento, entendendo as limitações e vantagens que o dinheiro traz.

Valorização do Trabalho

Com uma maior noção sobre a importância do dinheiro, os pequenos passam a valorizar mais o trabalho e empenho da família para proporcionar o que eles tanto querem e precisam. Essa maior compreensão permite que eles percebam melhor a relação entre trabalho e dinheiro e levem essas considerações para o futuro.

Educação Recreativa

Nada melhor do que usar a educação recreativa para exemplificar e ensinar para as crianças sobre educação financeira. Dessa forma elas aprendem de uma forma mais leve, divertida e dentro da sua realidade.

Para isso você pode ensinar sobre educação financeira utilizando jogos de tabuleiro, brincadeiras infantis, testes de conhecimento, e muitos outros. Vamos ver como fazer isso na prática?

Educação Financeira Infantil – Atividades

Jogos de Tabuleiro

Já pensou em estimular a educação financeira infantil com jogos e brincadeiras? Então saiba que os jogos de tabuleiro são grandes aliados nessa missão.

Jogos como Monopoly, Banco Imobiliário, Jogo da Vida, e muitos outros, além de serem um ótimo entretenimento para a família, também ajudam as crianças a entenderem melhor sobre o dinheiro e como administrá-lo.

Testes de Conhecimento

Desenvolver um jogo de perguntas para as crianças também é uma ótima maneira delas aprenderem se divertindo. Faça perguntas comparando dois objetos e perguntando qual seria o preço deles. Assim elas conseguem ter uma maior noção de valores, estimulam o seu raciocínio e garantem um maior conhecimento sobre educação financeira.

Teste do Cofrinho

Estimule as crianças a guardarem dinheiro dando de presente o famoso cofrinho. Defina um prazo para abertura do cofrinho e uma meta do quanto de dinheiro elas podem ganhar ao final do desafio, se tiverem juntado o dinheiro conforme o combinado.

Em que momento abrir uma conta para seu filho

Gostou das dicas mas ainda não sabe qual é o melhor momento para começar a falar de educação financeira com seu filho? Deixa com a gente!

No Inter você pode abrir uma Conta kids para as crianças em qualquer idade! A Conta Kids é uma conta completa para menores de 18 anos, totalmente gratuita e digital.

Com ela você garante a educação financeira, planeja e investe no futuro das crianças e dá mais autonomia para elas administrarem seu dinheiro desde cedo! Demais né?

Para abrir a Conta Digital para os pequenos o processo é o mesmo da Conta Digital tradicional. Basta informar que se trata de um menor de idade no processo de abertura de conta e enviar os documentos dos pais ou responsáveis legais.

Agora você já sabe a importância de investir em na educação financeira infantil e pode começar abrindo uma Conta Kids agora mesmo.

Vem simplificar a vida com o Inter!

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe
Assuntos relacionados
Cuidando do seu dinheiro
Mesada: a educação financeira desde cedo

Veja as melhores dicas para falar de educação financeira desde cedo!...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Bank
Cartão de crédito para menor de 18 anos: Entenda como ter o seu!

Uma das perguntas que mais recebemos por aqui é "Posso fazer um cartão de crédito...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Bank
Como abrir uma Conta Digital para menores de 18 anos

Para te ajudar trouxemos um tutorial de 3 passos bem simples para abrir contas para...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Invest
Menor de idade pode investir?

Existem muitas opções de investimento para quem tem menos de 18 anos e já quer...

Leia mais