Cuidando do seu dinheiro

Como juntar quase R$7.000,00 em 52 semanas

Publicado em 09/01/2018

Estudos, viagens, trocar de carro, redecorar a casa. O início de ano é cheio de planos. Mas se hoje suas finanças não comportam a realização de todos eles, isso não é motivo para desistir de juntar dinheiro.

Nesse post vamos te mostrar como é possível economizar R$6.890,00 em apenas um ano, começando por R$5!

Você já conhece o Desafio das 52 semanas?

O Desafio 52 semanas é um método para juntar dinheiro na qual você poupa uma quantia semanalmente, seguindo uma tabela de valores que aumentam progressivamente.

É uma excelente estratégia para criar o hábito de poupar, porque começa com valores muito pequenos, com a vantagem de ser um método altamente previsível. Ou seja, no início do desafio você já sabe quanto terá que poupar a cada semana e consegue se planejar antecipadamente para cumprir a meta.

Comece da forma que der

É muito comum ver pessoas desistirem de um projeto por terem estabelecido metas muito ambiciosas e que não cabem em suas rotinas. Como ler 100 livros em um ano, quando tem tempo para ler apenas 1.

E para juntar dinheiro não é diferente. A melhor forma de não desistir é começar com objetivos pequenos e, aos poucos, ir progredindo. Portanto, você deve conhecer bem o seu orçamento para definir o valor que consegue poupar.

Neste caso, exemplificamos o desafio com valores que vão progredindo de R$5 em R$5. Nessa simulação, ao término das 52 semanas você terá alcançado o total de R$6.890,00, seguindo a tabela abaixo:

Tabela 52 semanas para poupar dinheiro

Mesmo começando com valores ainda menores, você já pode juntar uma boa quantia em um ano, veja só:

  • Iniciando o desafio com R$1: total de R$1.378,00
  • Iniciando o desafio com R$2: total de R$2.756,00
  • Iniciando o desafio com R$3: total de R$4.134,00
  • Iniciando o desafio com R$4: total de R$5.512,00

Falamos mais sobre o método em nosso canal:

Como poupar?

No Brasil, a maioria das famílias gastam tudo o que ganham seja por hábito ou por uma questão de necessidade, por isso, a ideia do desafio é começar por um valor factível para seu orçamento familiar. Se esse valor é R$1 ou R$5 é indiferente, desde que você se comprometa a escalar essa quantia, semanalmente.

Para algumas pessoas isso será mais tranquilo fazer. Basta cortar um gasto extra como um delivery ou uma assinatura que você utilize pouco, por exemplo.

Na maioria dos casos, será preciso ser mais criativo e envolver a família no projeto. Uma ideia simples de colocar em prática é promover uma gincana para economizar energia em casa, assim, com o dinheiro que sobra dá para garantir o dinheiro de algumas semanas.

Vantagens do desafio

Além do dinheiro juntado que será usado na realização de um sonho, existem uma série de benefícios intangíveis para quem se compromete com o desafio, como:

O que fazer com o dinheiro juntado?

Poupar dinheiro é um passo importante, mas deixá-lo guardado em um cenário de inflação alta significa perder seu poder de compra. Portanto, o próximo passo é aplicar o valor em investimentos de baixo risco, protegidos pelo FGC , para que seu dinheiro fique rendendo. Abaixo, a gente traz alguns exemplos:

A partir de R$ 30,00 – terceira semana do desafio

Se você seguir o nosso exemplo e começar o desafio com R$5, na terceira semana terá juntado R$30, e já poderá aplicar no Tesouro Direto. Esse tipo de investimento é um dos mais seguros que tem. Em resumo, você “empresta” dinheiro para o governo em troca de uma remuneração em juros.

>> Veja como investir em Tesouro Direto. 

A partir de R$ 100 – sexta semana do desafio

A partir de R$100, você já terá recursos suficientes para aplicar no CDB do Inter. Uma opção de investimento que rende mais do que a poupança e tem liquidez diária, ou seja, permite que você retire seu dinheiro a qualquer momento.

É importante ressaltar que mesmo sem prazo pré-definido para resgate, vale deixar o dinheiro aplicado por mais tempo para reduzir a alíquota paga para o Imposto de Renda sob seus rendimentos.

Aqui te mostramos como funciona o CDB no Inter

Se preferir um resultado ainda maior, você poderá aplicar também na LCI do Inter, que chama cada vez mais investidores por, principalmente, dois motivos: maiores rendimentos e por ser livre de Imposto de Renda. É preciso ficar atento, porém, aos prazos de resgate do investimento para não perder rentabilidade.

No caso do Inter, o prazo mínimo é 90 dias.

Fundos de Investimento

Podem ser de renda fixa ou variável e existem muitas opções de prazo de resgate. Com eles, você diversifica sua carteira de forma simples e rápida. E para melhorar, alguns têm até cashback, ou seja, dinheiro de volta na sua conta.

Saiba mais sobre Fundos de Investimento. 

Lembrando que na Inter Invest você ainda encontra Previdência Privada, Poupança, CRI/CRA e Debêntures. Conheça todas as opções e veja a que melhor se encaixa no seu momento.

Para quem pode se arriscar mais

Agora, se seu orçamento permite arriscar um pouco mais, existem opções de investimentos de Renda variável que, embora sejam mais arriscados, podem trazer maior rentabilidade.

É importante destacar que esses investimentos devem ser feitos apenas se você tiver uma reserva de emergência, e que nunca recomendamos que nossos clientes invistam o dinheiro das contas do mês, devido à alta volatilidade do mercado.

Para ter acesso à investimentos de Renda Variável será preciso realizar o teste de Suitability em nosso aplicativo e assinar o Termo de Adesão da plataforma, portanto, se você não se enquadra nas categorias que citamos acima ou tem um perfil mais conservador, fique à vontade para pular para o final do texto.

Home Broker 100% gratuito

Quem é cliente Inter tem acesso a uma ferramenta de Home Broker completa que oferece praticidade e autonomia para investir em ações, fundos de investimentos imobiliários e muitos outros ativos, sem qualquer custo de corretagem.

Por ela, você pode emitir suas ordens de compra e venda e acompanhar o desempenho de seus investimentos em tempo real e de forma intuitiva.

Veja o passo a passo para investir em ativos financeiros pelo nosso Home Broker.

Você foi desafiado!

O Desafio 52 semanas é uma metodologia acessível tanto para quem não tem o hábito de guardar dinheiro e quer aprender, como para famílias que tem o orçamento mais apertado.

Mas para que ele funcione é preciso estabelecer uma meta realista para não desistir no meio do caminho e também se permitir comemorar cada valor juntado. E se precisar de mais conteúdos sobre educação financeira #contacomagente.

Atualizado em 18/03/2021.

* Ei! Aqui embaixo separamos alguns artigos relacionados que podem te ajudar. Aproveite para dar uma olhada.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe