Cuidando do seu dinheiro

Pirâmide financeira: como fugir do esquema

Publicado em 28/01/2021

Todos os dias somos bombardeados com promessas para ganhar muito dinheiro da noite para o dia. Para isso, basta participar de uma reunião, pagar um valor para entrar, convidar cem amigos e convencê-los a pagar também.

Parece piada, mas a prática que acabamos de descrever – também conhecida como pirâmide financeira - está se tornando cada vez mais recorrente, principalmente, entre pessoas que estão desesperadas por uma renda extra.

E como aqui no Inter a gente quer te ajudar a administrar melhor seu dinheiro separamos algumas dicas para você fugir do esquema!

Explicando o nome

O esquema de pirâmide financeira é um modelo que consiste no recrutamento de terceiros em troca de uma comissão, e torna-se insustentável à medida que o fluxo de novas pessoas diminui e apenas o grupo que iniciou o “empreendimento” é beneficiado.

Acabou ganhando este nome por causa do formato de recrutamento, que pressupõe mais pessoas na base e um pequeno grupo no topo.

A pirâmide ainda é mais comum no setor de produtos e serviços, mas com a popularização dos investimentos o esquema vem sendo utilizado para aplicações financeiras. Nestes casos, o grupo que entra depois arca com os custos da aplicação, com a promessa de um retorno alto e quase imediato, mas não tem acesso aos rendimentos, pois não está investindo de fato.

Mais do que uma prática mal vista, estamos falando aqui de um crime contra a economia popular, previsto na lei 1521/51 instituída em 1951 que pode levar a até dois anos de detenção + multa.

Mas se o esquema é criminoso, por que é tão comum recebermos convites para participarmos de grupos assim?

O mito do dinheiro fácil

Com a Selic e a CDI em torno de 2%, os investimentos de renda fixa estão rendendo pouco, isso quando o investidor tem a disciplina de deixar o dinheiro guardado até o vencimento da aplicação.

Some a isso um cenário de bastante incerteza econômica e de desemprego, resultado: as aplicações que prometem rentabilidade alta tornam-se muito atrativas!

A gente sabe que não está fácil para ninguém, mas antes de cair no conto do dinheiro fácil, lembre-se:

- No mercado de renda variável (fundos e as ações) os rendimentos dependem de uma série de fatores externos como o desempenho da empresa, noticiário, o câmbio e até o momento em que a ação foi negociada. Logo, o retorno desses investimentos é imprevisível.

Então, quando receber um convite para fazer parte de um grupo de investidores que promete uma rentabilidade diária elevada, já sabe, né? Corra que é #cilada! E se o convite vier de alguém que você conhece e admira, avise esta pessoa: tem grandes chances de ela estar sendo enganada também.

Como identificar uma pirâmide

A rentabilidade elevada pode ser um fator determinante para identificar esquemas fraudulentos, mas existem outros.

Ausência da aplicação

Todo investimento é registrado em nome de uma pessoa ou de uma corretora de valores. A ausência de um documento que comprove a aplicação é um indicador de que um grupo de investidores pode ser, na verdade, uma pirâmide financeira.

Promessa de rendimento garantido

Aplicações com rendimento maior também possuem maior risco envolvido, isso quer dizer que é impossível prometer retorno garantido para o investidor.

Condições de entrada

Não basta pagar para participar, você precisa convidar mais gente para ter acesso à rentabilidade? O recrutamento de terceiros é mais uma característica clássica da pirâmide financeira. 

Falta de informações

Sobre o produto em si e, principalmente, sobre a empresa que supostamente administra o investimento.

Como fugir das pirâmides

Em 2020, 1.5 milhões de novos investidores entraram na Bolsa, um aumento de mais de 90% em relação ao ano anterior. O dado indica que mais e mais pessoas estão voltando os olhos para o mercado de investimentos como uma via possível para construção de um patrimônio financeiro.

E com tanta gente interessada, aumentaram também as promessas de lucros exorbitantes em pouco tempo.

Para que fique claro, não estamos falando aqui que é impossível ganhar dinheiro com investimentos, mas para isso será preciso acumular conhecimento de mercado, ter paciência, dedicação ou escolher fundos onde alguém faça isso por você.

Se você está disposto a investir mais em 2021, aqui vão algumas dicas para dar os primeiros passos sem correr o risco de cair em pirâmides financeiras.

Entenda seu perfil de investidor

Diversificar é importante, mas sempre vão existir aplicações que são mais compatíveis com determinado perfil de investidor, baseado na aversão à risco e no valor que cada um tem para investir. Antes de começar: defina seus objetivos e conheça seu momento na jornada do investidor. Você pode descobrir isso, facilmente, fazendo o teste de Suitability disponível no Inter Invest.

Estude o mercado

O mercado de renda variável é influenciado por múltiplos fatores, por isso, uma estratégia que já funcionou no passado pode dar errado no dia seguinte. Não estamos falando isso para te desanimar, apenas para reforçar o quão importante é estudar o mercado e consumir informações que possam impactar seus investimentos.

Para isso, além de acompanhar nosso blog, você pode seguir o @interinvest no Twitter, acompanhar nosso podcast ou se inscrever aqui para receber os reports da equipe de Research do Inter.

Escolha uma instituição confiável

Antes de aderir a fundos de investimento pesquise pela reputação da empresa no mercado. Empresas sérias terão um portfólio de produtos mais diversificado e nunca vão prometer ganhos exorbitantes em um curto prazo.

Dica extra: para quem aplica em Renda Fixa

Os grupos de investimentos fazem parte de um Programa de Indicações do Inter que permite que você acesse taxas de rentabilidade mais altas sem, necessariamente, ter que investir mais.

O grupo pode ser formado por até 50 integrantes e cada membro pode investir individualmente nos produtos de renda fixa do Inter como CDBs e LCIs, respeitando o aporte inicial de cada um.

A somatória de todos os investimentos individuais, dirá em qual faixa esse grupo estará e, consequentemente, a rentabilidade de cada um.

A cada nova faixa é acrescido 0.5% de rentabilidade ao investimento, por exemplo:

  • Um investimento em LCD DI 90 dias emitida pelo Inter oferece rentabilidade de 95%* do CDI, para aplicações de R$100 a 250 mil.
  • De 250 mil a 499.999, a rentabilidade passa a ser de 95.5% *
  • De 500 mil a 749.999, 96%*
  • De 750 mil a 999.999, 96.5%*
  • Acima de 1 milhão 97%*.

*Taxas sujeitas à alteração.

Ou seja, se você tem R$10.000 para aplicar, ao término de 90 dias, você teria um rendimento de R$126,97. Mas fazendo parte de um grupo de investimentos - caso o valor acumulado pelo grupo ultrapasse 1 milhão - o rendimento será de R$129,64 no mesmo período (consulta efetuada em 12/01/2021).

Denuncie!

Ao contrário do que muita gente pensa, não é preciso ser lesado para denunciar uma pirâmide financeira. Você pode (e deve!) levar o caso ao conhecimento do Ministério Público de sua cidade.

Caso seja uma vítima, abra uma denúncia formal na polícia Civil ou Federal, apresentando todos os registros como conversas, troca de mensagens, comprovante de depósito, entre outros que comprovem que você foi lesado pelo esquema.

Em seguida, contrate um advogado para entrar com um pedido de reparação de danos materiais contra a empresa fraudadora. Por lei, a empresa é obrigada a restituir o capital investido, a má notícia é que o ressarcimento pode demorar.

Achou nossas dicas úteis? Ajude mais pessoas a se prevenirem de fraudes compartilhando o conteúdo com amigos.

Gostou? Compartilhe

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos