Basta uma rápida pesquisa na internet para se ter uma ideia do sufoco: "Pix golpe estorno", "Pix golpe WhatsApp", "Pix golpe agendamento", "Pix golpe como recuperar"... E não é por menos: assim como os números deste meio de pagamento não param de crescer, as tentativas de golpes e fraudes também dispararam.

Mas calma: isso não significa que a ferramenta não seja confiável. O Pix é seguro e os golpes que o envolvem são frutos de engenharia social, não tendo nada a ver com vulnerabilidades no sistema. Inclusive, falamos mais sobre a segurança do Pix neste artigo aqui.

Veja dicas do que fazer caso você caia em algum golpe envolvendo o Pix.

O que fazer quando cair em um golpe com o Pix?

O primeiro passo é ir até uma delegacia e registrar um Boletim de Ocorrência. Apresente à polícia todas as evidências que você possui: troca de mensagens com a pessoa/empresa que aplicou o golpe, dados do Pix usados na transferência, etc.

Não fique imediatamente focado no cancelamento ou devolução/restituição do valor. Por realizar a transferência em segundos, a transação não pode ser cancelada e a recuperação dos valores acaba sendo mais difícil.

Por isso, a saída mais eficaz é procurar a polícia ou ainda os órgãos de proteção ao consumidor (como o Procon do seu estado ou o Poder Judiciário).

Comunique o ocorrido ao seu banco e peça o estorno da operação e o bloqueio dos recursos da conta do destinatário. Caso a instituição bancária se recuse, a vítima pode registrar uma reclamação junto ao Banco Central.

Ainda é possível contactar um advogado de confiança para analisar a possibilidade de uma ação judicial. 

Ferramenta de devolução

Para reduzir o número de erros e aumentar ainda mais a segurança das transações, o Banco Central anunciou que irá implementar um mecanismo para devolução dos valores do Pix, a partir de novembro. Até lá, é preciso redobrar a atenção em seus pagamentos e transferências. 

Como não cair no golpe do Pix

São vários os esquemas de engenharia social que estão sendo usados para enganar os usuários do Pix. Por isso, fizemos um guia completo, baseado em casos reais retirados do Sistema de Registro de Demandas do Cidadão (RDR/SISCAP), do Banco Central, com tudo o que você precisa saber para se proteger de golpes. Confira, fique sempre atento e se proteja!

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe
Assuntos relacionados
Para simplificar a vida Inter Bank
4 formas de pagar usando o Pix

Veja o passo a passo para fazer seus pagamentos. ...

Leia mais
Cuidando do seu dinheiro
Como se proteger de golpes com o Pix

Inter se une a campanha promovida pelo Banco Central....

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Bank
Guia do Pix: tudo sobre o novo meio de pagamento

O Pix é o novo meio de pagamentos instantâneos do Banco Central que promete “balançar”...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Bank
Como registrar as chaves do Pix?

O Pix chegou! Veja como cadastrar suas chaves. ...

Leia mais
Cuidando do seu dinheiro
Pix é Seguro? Veja As Medidas De Segurança do Banco Inter!

A pergunta que não quer calar é: O Pix é seguro? ...

Leia mais