Para simplificar a vida Inter Bank

Como funciona o Home Equity?

Publicado em 12/05/2021

Em tradução livre o termo Home Equity significa “casa e patrimônio”. A expressão é usada para classificar uma modalidade de crédito muito popular fora do país e que tem chamado cada vez mais atenção dos brasileiros por causa das taxas mais baixas.

A seguir te explicamos como o Home Equity funciona, suas vantagens e como contratar o crédito no Inter.

O que é Home Equity?

O Home Equity é um tipo de empréstimo no qual o devedor dá um imóvel residencial ou comercial como garantia do pagamento da dívida. A garantia dá mais segurança para a instituição credora de que ela receberá o dinheiro emprestado, por isso, elas conseguem oferecer taxas mais atrativas e pagamento estendido.

Esse tipo de empréstimo também é conhecido como crédito com garantia de imóvel, refinanciamento de imóvel ou alienação fiduciária.

E o que seria a alienação fiduciária?

Na alienação fiduciária, o imóvel continua em seu nome e você tem o usufruto dele, mas durante o período do contrato do crédito ele fica alienado pela instituição financeira até que a dívida seja quitada. Traduzindo: você não precisará desocupar o imóvel que deu como garantia e esse imóvel pode ser, inclusive, a sua casa.

Quem pode solicitar o Home Equity?

Qualquer pessoa, física ou jurídica, pode solicitar o crédito desde que tenha um imóvel em seu nome.

Também podem ser dados como garantia imóveis que ainda não estão 100% quitados, mas nesses casos, parte do valor cedido pela instituição é usado para quitar a dívida antiga e o restante é depositado na conta do solicitante.

Veja as vantagens do Home Equity para empresas.

Por que essa modalidade de crédito é tão vantajosa?

Para entender como o Home Equity consegue essas condições basta lembrar que a taxa de um empréstimo é medida de acordo com o risco de inadimplência e o custo da operação.

Por ter um bem material como salvaguarda, o crédito com garantia de imóvel traz baixo risco de perda para a instituição. Isso torna possível oferecer uma taxa mais baixa e um prazo de pagamento bem estendido, o que acaba reduzindo o valor das parcelas.

Todas essas facilidades de pagamento minimizam o grau de inadimplência e, consequentemente, tornam a operação mais segura para o credor também. Assim, todos saem ganhando!

Mitos e verdades sobre o Home Equity

Bem, mas se você ainda continua com receio de colocar seu imóvel como garantia de um empréstimo, saiba que isso também é compreensível. A casa própria é o sonho de boa parte dos brasileiros e qualquer possibilidade de perdê-la gera calafrios.

É justamente nessa insegurança que nascem diversas dúvidas e interpretações erradas sobre o Home Equity, como, por exemplo, de que o credor quer ficar com o seu imóvel, o que não é verdade.

Confira outros mitos e verdades sobre o crédito com garantia de imóvel

Riscos do Home Equity e como mitigá-los

Como qualquer modalidade de crédito, existem riscos naturais de assumir uma dívida, mas eles são pequenos e podem ser mitigados.

O primeiro deles é sobre o pagamento. Apesar das parcelas do Home Equity serem mais acessíveis e o prazo estendido, o não pagamento delas gera multa e pode fazer a dívida ficar fora de controle. Por isso, é muito importante que ao contratar qualquer tipo de crédito você tenha um planejamento financeiro mensal que te permita honrar com as parcelas na data de vencimento. Damos dicas de como construir seu orçamento aqui. 

Outro cuidado importante é pesquisar a instituição credora e procurar feedbacks de outros clientes sobre o serviço. Isso te ajudará não só a encontrar as taxas mais atrativas, mas também uma empresa que te dê o suporte necessário durante o processo.

Como funciona o Home Equity no Inter?

  • São aceitos como garantia imóveis residenciais e comerciais com valor mínimo de avaliação de R$200 mil;
  • Não são aceitos lotes, galpões e imóveis sem habite-se (documento emitido pela Prefeitura atestando que a propriedade está pronta para ser habitada e foi construída ou reformada conforme as exigências legais do município);
  • Não é preciso sair da propriedade ou vender o imóvel;
  • Valor do empréstimo: mínimo de R$ 30 mil e máximo de 50% do preço do imóvel;
  • Podem solicitar pessoas físicas e jurídicas;
  • A liberação do dinheiro sai partir de 3 dias depois de aprovada a documentação;
  • Juros a partir de 0,70% a.m. + IPCA;
  • Prazo para pagar de 24 até 240 meses. 

(Informações obtidas no site oficial do Inter em 12/05/2021) 

Passo a passo para solicitar

1. Solicitação

Você faz uma simulação de crédito pelo aplicativo do Inter no menu Empréstimos > Empréstimo com garantia de imóvel e preencha as informações do imóvel. Em seguida, nossa equipe entra em contato com as melhores propostas de acordo com sua necessidade.

2. Análise de crédito

Com base na documentação enviada, fazemos uma análise de crédito compatível com seu perfil.

3. Formalização

É feita uma vistoria do imóvel para avaliar o valor e, em seguida, damos continuidade com o contrato.

4. Liberação

Com a documentação finalizada e aprovada, liberamos seu crédito a partir de 3 dias úteis.

Portabilidade do seu empréstimo

Já tem um empréstimo com garantia de imóvel? Traga seu contrato para o Inter e garanta a mesma taxa, a partir de 0,70% ao mês + IPCA, e pague parcelas menores.

Faça a simulação e veja o quanto você economizará em seu contrato.

Crédito para você fazer o que quiser

Usar uma casa ou apartamento para garantir o empréstimo não significa que você tenha que usar o dinheiro para fazer melhorias no imóvel dado como garantia ou para comprar outro.

O crédito pode ser utilizado para qualquer finalidade, seja para reformar seu imóvel, abrir o próprio negócio, quitar dívidas com juros altos, investir na formação dos seus filhos ou até mesmo para fazer a viagem dos seus sonhos.

Solicite uma análise pelo site e comece a planejar seu futuro.

Atualizado em 12/05/2021.

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe