Juros e entrada: eis os maiores vilões na história de quem deseja realizar um grande sonho como a compra de um carro ou de uma casa. Mas nesse conto também há um herói: o consórcio! Uma forma colaborativa de adquirir algo sem precisar ter dinheiro à vista e que não é influenciada pela taxa de juros.

Basicamente, o consórcio é um sistema de compra parcelada e coletiva que existe há 60 anos, composto por um grupo de pessoas que têm o objetivo comum de adquirir bens ou serviços.

Uma administradora reúne essas pessoas e faz um fundo comum, através do qual os aportes mensais de todos permitem que a cada mês se tenha o volume adequado para alguém adquirir o bem.

Por isso, é feito um sorteio periódico para contemplar uma pessoa com o crédito reunido. Ao final do período estipulado para o consórcio, todos recebem o valor investido atualizado e corrigido.

Para além das finalidades mais conhecidas como a compra de um imóvel ou automóvel, também é possível utilizar o consórcio para outros objetivos como organizar uma festa, fazer uma reforma ou viagem e realizar procedimentos estéticos, por exemplo.

O que é taxa de administração de consórcio?

A possibilidade de realizar pagamentos de longo prazo sem a incidência de juros, ao contrário de um financiamento ou empréstimo, é um dos motivos que fazem o consórcio ser uma modalidade tão popular.

Afinal, não existe, nesse sistema, uma instituição que conceda crédito para receber uma remuneração em contrapartida. Por definição, consórcio é uma ferramenta de autofinanciamento, pela qual pessoas financiam pessoas por meio de organização em grupo.

E como é preciso manter a segurança, a organização e a saúde financeira desse conjunto, há as administradoras de consórcio, que cobram uma taxa pela prestação desse serviço: a chamada taxa de administração.

O valor é cobrado porque as administradoras são responsáveis por várias atividades como gerenciar os grupos, checar documentações, elaborar assembleias para os sorteios, prestar contas financeiras, gerir os recursos arrecadados, atualizar valores das cotas e liberar crédito aos contemplados.

Como funciona?

Sendo assim, a taxa de administração é a remuneração da administradora do fundo pelo serviço prestado da contratação à contemplação da carta de crédito.

Dependendo da empresa ou do plano selecionado, a taxa pode ser bem alta. Por isso, é importante fazer uma boa pesquisa e negociá-la abertamente.

Outras taxas cobradas são para custear o seguro e o fundo de reserva do consórcio. Gastos que são importantes para garantir a segurança do negócio caso algum imprevisto como inadimplência ou atraso de outros participantes aconteça.

Como ela é cobrada?

Mesmo com essas taxas, os custos do consórcio podem ser bem menores do que do financiamento.

A taxa de administração é estipulada em contrato e varia de 10% a 25% do valor da carta de crédito (valor do bem), sendo diluída ao longo das parcelas. Apesar de ser fixa, ela oscila entre as administradoras e grupos.

>> Financiamento ou consórcio? Entenda as diferenças.

Qual a diferença entre taxa de administração de consórcio e taxa de juros?

Enquanto as operadoras de consórcio cobram taxas fixas de administração, os financiamentos e empréstimos são atrelados à tabela de juros disponibilizada pelo Banco Central.

Os juros do crédito mudam conforme as oscilações da Selic, que é a ''taxa mãe'' do mercado financeiro.

Quanto mais alta a Selic, mais caro e longe do poder aquisitivo da população fica o financiamento ou qualquer outro tipo de CDC (crédito direto ao consumidor).

Além disso, em juros bancários, é pago um valor acrescido por aquilo que foi contratado de forma cumulativa. Ou seja, se estamos falando de um empréstimo, o cliente deverá ao banco não só a quantia que tomou emprestada, mas ainda o valor acumulado pelos juros aos longos dos anos de duração do contrato.

Já no consórcio, a taxa administrativa é muito mais leve e fácil de ser arcada, tendo um valor fixo e predeterminado em contrato.

Como a taxa de administração de consórcio é calculada?

O percentual cobrado na taxa de administração de um consórcio envolve uma conta bem simples que tem como base um percentual fixo sobre a carta de crédito.

Por isso, para decidir qual a melhor alternativa do ponto de vista de custo, a dica é comparar os juros mensais do empréstimo/financiamento com a taxa de administração do consórcio, dividida pelos meses a partir da contemplação da cota.

Suponhamos que taxa de administração seja de 15% e o consórcio tenha 50 parcelas. Dividindo 15 por 50, temos a incidência de 0,3% ao mês em cada mensalidade. Sendo assim, caso o valor do consórcio seja de R$ 30 mil, por exemplo, o acréscimo mensal à parcela será de R$ 90.

Taxa de administração de consórcio abusiva

Como a taxa de administração é a principal informação comparável entre as opções de consórcio, é preciso ter cuidado para não cair em cilada e porcentagens abusivas.

Reúna informações sobre a administradora, verifique se ela está autorizada pelo Banco Central e se é associada à ABAC (Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio) e consulte os órgãos de defesa do consumidor e sites como “Reclame aqui” e Consumidor.gov.br para checar a idoneidade da administradora.

Além disso, leia atentamente todo o contrato, cláusula por cláusula, até o final. Tudo o que for dito pelo vendedor, como regras de contemplação, valor das taxas e parcelas e funcionamento do sorteio ou do lance, deve constar claramente no documento.

Desconfie de ofertas muito vantajosa em relação ao mercado e não acredite no golpe do contemplou, quitou. Ser contemplado no consórcio não significa que você está isento do pagamento das parcelas. Por isso, anúncios de consórcio que dizem que, após ser contemplado, a dívida é quitada, são uma cilada para atrair o consumidor para o grupo.

E saiba que o Código de Defesa do Consumidor está ao seu lado! O artigo 6º trata exatamente sobre a “a proteção contra a publicidade enganosa e abusiva, métodos comerciais coercitivos ou desleais, bem como práticas e cláusulas abusivas ou impostas no fornecimento de produtos e serviços”.

>> Lei do consórcio de A a Z.

Qual consórcio tem a menor taxa de administração?

Como mencionamos anteriormente, por se tratar de uma taxa de prestação de serviço é comum que os valores sofram variações periódicas. Por isso, é muito importante realizar comparações de acordo com a sua realidade. Abaixo separamos boas alternativas ofertadas pelo Inter.

Inter Consórcios

Com o aumento das taxas de crédito no financiamento e da inflação, esse modelo de aquisição em grupo é uma boa saída para a economia do bolso. E como o Inter existe para simplificar a vida, é claro que o consórcio não poderia ficar de fora das soluções oferecidas.

No Inter, o consórcio é sem entrada, sem burocracia, sem juros e sem sustos. E o melhor: com redução de até 50% nas 6 primeiras parcelas.

Consórcio Imobiliário do Inter

Sem nenhuma taxa de adesão, o Consórcio Imobiliário do Inter tem parcelas mensais que cabem no seu bolso, planos de até 230 meses e a melhor taxa de administração do mercado.

Você sabe exatamente quanto vai pagar até o final do plano, que tem sorteio, lance livre e lance fixo de 20%. E aqui você tem poder de negociação: é possível usar uma carta de crédito pra comprar o imóvel à vista e negociar um desconto. Também dá para usar o FGTS pra lance, amortização ou quitação das parcelas.

QUERO SABER MAIS SOBRE O CONSÓRCIO IMOBILIÁRIO!

Consórcio de carro e moto do Inter

As vantagens também valem para quem realizar o sonho de comprar um automóvel por meio do consórcio auto-moto do Inter. Nada de juros nem de entrada e até 50% de redução nas 6 primeiras parcelas.

Com a carta de crédito, você escolhe qualquer veículo fabricado nos últimos 5 anos, e também é possível usar uma carta de crédito pra comprar o veículo à vista e negociar um bom desconto.

QUERO SABER MAIS SOBRE O CONSÓRCIO AUTO-MOTO!

https://static.bancointer.com.br/blog/author/images/9822793562404fb88164a0748a7aee73_microsoftteams-image-96.png
Izabella SouzaAnalista de Conteúdo

Jornalista entusiasta da música, da escrita e da missão de te informar e contextualizar sobre o que realmente importa!

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe
Assuntos relacionados
Para simplificar a vida Inter Seguros
10 vantagens de se fazer um consórcio imobiliário

Que tal sair do aluguel mesmo sem ter o valor da entrada?...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Consórcios
Lei do consórcio de A a Z

Antes de entrar em um consórcio é importante conhecer seus direitos e deveres para não...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Consórcios
Guia completo sobre o Consórcio Imobiliário do Inter

O consórcio imobiliário do Inter tem as melhores condições do Brasil. ...

Leia mais