As bolsas-americanas possuem investimentos para todos os gostos e objetivos. No meio de toda essa diversidade, existe uma classe que chama a atenção: os REITs.

Comparados aos FIIs brasileiros, esses ativos também têm como foco o mercado imobiliário e são uma opção interessante para que quer receber dividendos. Mas eles possuem algumas particularidades que devem ser consideradas.

Continue lendo para saber mais sobre REITs e quais os principais tipos disponíveis no mercado!

O que é um REIT?

Os REITs, sigla para Real Estate Investment Trusts, são empresas que adquirirem ativos imobiliários para gerar renda. Elas gerenciam, administram e investem em imóveis por todo o território norte-americano. Para ser considerada REIT, uma companhia precisa ter no mínimo 75% da sua receita bruta derivada de ativos imobiliários. Além disso ela precisa:

  • Investir pelo menos 75% dos ativos em imóveis, dinheiro ou títulos do Tesouro dos EUA;
  • Pagar pelo menos 90% do lucro tributável na forma de dividendos aos acionistas;
  • Ser uma empresa tributável;
  • Ser administrado por um conselho de administração ou curadores;
  • Ter pelo menos 100 acionistas após um ano de operações;
  • Não ter mais do que metade de suas ações detidas por cinco ou menos pessoas.

Qual a diferença entre REITs e FIIs?

Apesar de serem comparados aos Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs), existem diferenças importantes em suas estruturas. A principal delas é que REITs são empresas e FIIs são fundos de investimentos. Portanto, na hora de investir, você adquiri ações da primeira e cotas da segunda.

Além disso, enquanto os REITs devem distribuir 90% dos lucros para os acionistas, para os FIIs essa porcentagem é de 95%. Quanto aos dividendos, é comum que os FIIs paguem os cotistas mensalmente. Com os REITs, esses repasses costumam ser trimestrais.

No que diz respeito a tributação, os FIIs contam com isenção de Imposto de Renda (IR) nos dividendos e são tributados em 20% em cima dos lucros com as vendas de cotas. Para os REITs existe diferença dependendo se o investimento é feito aqui do Brasil ou direto na bolsa-americana através de uma corretora internacional.

>>Saiba mais: Como declarar os investimentos no exterior no Imposto de Renda?

Conheça os 5 principais tipos de reits norte-americanos

1. Retail REITs

Retail pode ser traduzido para o português como varejo. Portanto, REITs desse tipo são focados em propriedades ligadas ao consumo, principalmente shopping centers. Nesse caso, as empresas lucram com o aluguel que é cobrado dos inquilinos.

2. Residential REITs

Estes REITs possuem e operam prédios de apartamentos para aluguel, bem como habitações fabricadas. Os maiores REITs residenciais tendem a se concentrar em grandes centros urbanos, isso porque o alto custo das casas nessas regiões aumenta a demanda por aluguéis, o que eleva o preço que os proprietários podem cobrar a cada mês.

3. Healthcare REITs

Os REITs de saúde investem em imóveis de hospitais, centros médicos, instalações de enfermagem e lares de idosos. É um setor interessante tendo em vista que os americanos envelhecem e os custos de saúde continuam a subir.

4. Office REITs

Office REITs investem em edifícios de escritórios. Eles recebem rendimentos de aluguel de inquilinos que geralmente assinaram arrendamentos de longo prazo. Nesse caso, é mais interessante buscar empresas que possuem escritórios menores, mas pulverizados, do que quelas que têm apenas um grande imóvel.

5. Mortgage REITs

Esse tipo é comparável aos fundos de papel. Eles não possuem imóveis físicos, em vez disso, negociam títulos ligados ao setor imobiliário, como certificados, recebíveis ou hipotecas.

Vale a pena investir em REITs?

Uma das principais vantagens de investir em REITs é a internacionalização da sua carteira. Expor seus investimentos a variação de outros mercados, para além do brasileiro, é uma estratégia de diversificação muito interessante.

Além disso, ter ativos atrelados ao dólar pode garantir maior estabilidade em momentos de crise, já que, historicamente, quando o real cai a moeda americana tende a se valorizar. Não podemos esquecer que quem investe em REITs também pode receber dividendos em dólar.

Por outro lado, é importante lembrar que REITs são investimentos de renda variável, o que implica alguns riscos e a possibilidade de perdas. Além disso, vimos que existem diversos tipos de REITs que estão inseridos em mercado diferentes, por isso as particularidades de cada caso devem ser bem analisadas.

Dito isso, não existe respostas certa para essa pergunta. Mas é importante que a decisão de investir nesses ativos esteja alinhada com seus objetivos e perfil de investidor.

Como investir nesses ativos?

É possível investir em REITs aqui do Brasil e diretamente nos Estados Unidos.  No primeiro caso isso pode ser feito por meio de BDRs ou ETFs que acompanham REITs norte-americanos. Para a segunda opção é preciso abrir conta em uma corretora internacional.

A notícia boa é que agora o Super App do Inter também te oferece essa possibilidade. Por meio da Plataforma Global de Investimentos, você pode investir no exterior com corretagem zero e uma taxa de câmbio muito atrativa. E você nem precisa dominar o inglês, já que toda a interface da plataforma está em português!

Dúvidas Frequentes sobre Reits

O que são reits?

Os REITs, sigla para Real Estate Investment Trusts, são empresas que adquirirem ativos imobiliários para gerar renda. Elas gerenciam, administram e investem em imóveis por todo o território norte-americano. São ativos conhecidos por pagarem bons dividendos.

Conheça os principais tipos de reits. 

Qual a diferença entre REITs e FIIs?

Apesar de serem comparados aos Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs), existem diferenças importantes em suas estruturas. Para começar REITs são empresas, enquanto FIIs são fundos de investimento.

Veja outras diferenças entre esses ativos. 

Como investir em reits?

É possível investir em REITs aqui do Brasil e diretamente nos Estados Unidos.  No primeiro caso isso pode ser feito por meio de BDRs ou ETFs que acompanham REITs norte-americanos. Para a segunda opção é preciso abrir conta em uma corretora internacional.

Saiba como abrir conta em uma corretora internacional. 

https://static.bancointer.com.br/blog/author/images/dbca867773384dfd96662a95ce166f24_copia-de-img-20220501-wa0073jpg-2.jpg
Helena BenficaEstagiária de Conteúdo e CRM

Estudante de Jornalismo na UFMG. Escrevo para simplificar informações que impactam seu dia a dia!

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos completos sobre investimentos, educação financeira e novos produtos

Gostou? Compartilhe
Assuntos relacionados
Para simplificar a vida Inter Invest
Good Faith Violation: Saiba o que é antes de investir no exterior

Quer investir em ações nas bolsas norte-americanas? Então saiba o que é Good Faith Violation...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Invest
6 dúvidas sobre investimentos no exterior

Você vai investir no exterior com mais facilidade e segurança depois desse texto ...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Invest
Vale a pena Investir em REITs?

Já ouviu falar sobre REITs (Real Estate Investment Trusts)? Entenda as vantagens desse investimento!...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Invest
Como e por que investir no exterior?

Preparamos um material pra você entender como funciona os investimentos internacionais....

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Invest
Dividendo em dólar: Entenda o que é e como receber

Saiba como e porque dolarizar sua carteira para receber um dinheirinho extra em dólar!...

Leia mais
Para simplificar a vida Inter Travel
5 Motivos para ter uma conta em dólar

Você já deve ter se deparado com a idéia de abrir uma conta bancária no...

Leia mais